domingo, 16 de outubro de 2011

Dia Mundial da Alimentação


Foi vasta a recolha de provérbios efetuada pelos alunos. Aqui fica o registo de alguns.

Doze galinhas e um galo, comem como um cavalo;
É como S. Benedito: não come nem bebe e está sempre gordito;
Quem tarde vier, come do que trouxer;
Renego o amigo que come o seu só, e o meu comigo;
Se comesse uma maçã por dia, não sabe o bem que lhe fazia;
Gaiola bonita não dá de comer ao canário;
Guarda que comer, não guardes que fazer;
Não assines sem ler, nem bebas sem comer;
Inverno com nevão, ano de pão;
Maio frio, junho quente,bom pão, vinho valente;
Mais vale pedaço de pão com amor, que galinha com dor;
Uvas, pão e queijo, sabem a beijo;
Na casinha portuguesa, pão e vinho sobre a mesa;
A chuvinha da Ascenção, todo o ano dará pão;
Para a fome não há pão duro;
Para comer convida-se uma vez, para trabalhar espera-se até chegar;
Queijo de ovelha, leite de cabra, manteiga de vaca;
Bom rei, se queres que vos sirva, dai-me de comer;
Bem estou com meu amigo, que come seu pão comigo;
Pica-pau não tem machado e come abelhas e formigas;
Quem dá o pão dá a educação;
Bem mal ceia quem come de mão alheia;

Sem comentários:

Publicar um comentário