quarta-feira, 16 de março de 2011

Varre, varre, vassourinha

Varre, varre, vassourinha.
Se varreres bem, dou-te um vintém*.
Se varreres mal, dou-te um real*.

Chorro, morro, pica o forro.
Salta a pulga na balança,
dá um pincho*, põe-te em França.
Os cavalos a correr,
os meninos a aprender.
Qual será o mais bonito
que se vai esconder?

Tradicional

Texto transcrito pelo Daniel e pela Ana.

Sem comentários:

Publicar um comentário